banner_11
INOVAÇÃO

PÚBLICO-ALVO:

Profissionais da área de gestão, cujo desempenho profissional exija espírito empreendedor e melhor compreensão dos conceitos de inovação e como introduzi-los no dia-a-dia organizacional a fim de aumentar as  vantagens competitivas da organização.

Inovação não é absolutamente necessária, assim como, a sobrevivência também não é. Muito possivelmente, a exploração de novas ideias é uma competência-chave que será o mais importante fator que, isoladamente, vai determinar a diferença entre o sucesso de uma organização e seu potencial fracasso durante o século XXI. Inovação, para as organizações, significa aumento de faturamento, acesso a novos mercados, aumento das margens de lucro, entre outros benefícios.
Em administração, temos as inovações tecnológicas, de produto ou de processo, mas também devemos considerar a inovação relacionada a novos mercados, novos modelos de negócio, novos processos, novos métodos organizacionais e, até, novas fontes de suprimentos.
A capacidade em inovação está diretamente ligada à criatividade, que é a habilidade/capacidade de encontrar meios para executar tarefas de uma maneira nova ou diferente do habitual, sempre de forma mais rápida, fácil, eficiente ou econômica, e com o propósito de satisfazer a um objetivo claro e definido.

DISPONÍVEL APENAS SOB DEMANDA:

Para elaborar programas de treinamento ou cursos sob demanda é necessário um trabalho muito semelhante ao de uma consultoria: Começando pelo levantamento das necessidades específicas de cada grupo ou organização, entendendo sua área de atuação, suas expectativas de resultado e o perfil dos participantes das atividades. Só então torna-se possível enviar uma proposta de trabalho.
Só após este alinhamento inicial e a aprovação do programa, a análise dos conteúdos acadêmicos e práticos propostos sejam aprofundados, em um processo que busca garantir que as questões discutidas e os objetivos alcançados sejam pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais em treinamento.

banner_09
banner_10