COMEÇANDO A SUPERAR A CRISE

 

No primeiro “post”, falamos que a imagem da Crise não é a Crise, hoje vamos falar dos seus possíveis efeitos.

 

Por Marco Antonio Paletta

Consultor em Gestão Empresarial

marcopaletta_livro.jpg

allmap.net.br

professorpaletta@gmail.com

 

 

Publicado em 24 de abril 2020 

No primeiro “post”, falamos que a imagem da Crise não é a Crise, hoje vamos falar dos seus possíveis efeitos.

 

Os efeitos econômicos pós Pandemia do COVID 19 ainda não são claros, tal como o estrago do vírus na saúde das pessoas, também não podemos afirmar com clareza qual será o estrago na vida econômica e financeira das empresas, mas com certeza, para algumas delas também levará à morte.

A pergunta que se faz é: será que consigo evitar o fim do meu negócio? Como faço para me reerguer? Será que tudo voltará como antes da pandemia? Será? Será? Será?.... Estas dúvidas são as mesmas que provavelmente todo o mundo médico está se fazendo sobre como combater o vírus, mas como o assunto aqui não é medicina vamos tentar lhe ajudar.

A primeira pergunta que você deve se fazer é:

  • O que eu conheço do meu negócio?

A resposta a esta pergunta será tanto mais fácil quanto maior for o número de informações que você conseguiu levantar, armazenar e analisar ao longo dos anos de existência do seu negócio. Se você não tem estas informações e se ele sobreviver a esta crise, comece a armazenar o máximo de informações que você puder sobre o seu negócio, daí a importância de um bom sistema de informações, mas o que é um sistema de informações?

Um sistema de informações registra um histórico de dados sobre as mais diversas atividades que você realiza no seu negócio: compras, vendas, custos, dados de clientes (hábitos de consumo, etc....). Como eu consigo um sistema de informações? Acredito que você já o tenha e não saiba, ou não saiba usar, vamos a um exemplo?

Você possui um restaurante e a forma como você pega os pedidos dos clientes já lhe fornece um conjunto de informações que são registradas para se produzir os pratos. Ali você certamente tem um conjunto de informações sobre os custos de cada prato, os pratos de maior preferência, e se o cliente (pelo seu CPF) é um cliente fiel, etc....

Viu... você tem informações, mas muitas vezes não sabe utilizá-las... e a maioria dos negócios formais possui algum tipo de programa de informática que lhe auxilia no dia a dia do negócio, você só precisa saber explorar mais esta ferramenta, que você muitas vezes contratou junto a um fornecedor de sistemas só para tirar pedidos, e simplesmente ignora todo o potencial da ferramenta que você tem em mãos.

Se você tem um negócio informal, você pode fazer algum tipo de controle em Word ou Excel com arquivos por nome dos clientes onde você pode registrar todos os seus hábitos de consumo e daí verificarem o que ele compra e qual a margem de lucro que ele lhe proporciona.

Não tem acesso a informática, não tem importância, um bom fichário, sim, um fichário daqueles do século passado... isso mesmo... um fichário em uma caixinha, pode lhe fornecer um mundo de informações valiosas para o seu negócio.

O problema de registrar informações é que isso toma tempo, e a maioria dos empreendedores se esquecem deste registro. Lembrando que administrar um negócio é basicamente quatro verbos de ação: planejar, organizar, dirigir e controlar. Quando um deles não é feito seu negócio pode ter problemas.

Não planejar e não controlar pode levar muitos negócios a não ter um plano de poupança ou capital de giro para suportar as intempéries comuns do mercado, é meu caro amigo, a economia é cíclica e sempre após um período de crescimento vem uma estagnação e uma recessão... não precisa conhecer muito sobre economia para perceber isso... quer saber mais... “dá um Google” e pesquisa um pouco.

  • Use as informações

Uma vez que você criou o hábito de anotar tudo o que acontece no seu negócio, agora está na hora de usar estas informações para:

  • Calcular seus custos
  • Calcular seus preços
  • Verificar os produtos com melhor margem
  • Conhecer seus clientes e realizar ações promocionais
  • Planejar novos produtos e serviços
  • Se preparar para crescer
  • Poupar, etc....

 

Como fazer isso?

Até nosso próximo post