O novo ensino médio foi aprovado pelo Governo em fevereiro de 2017 através da MP nº 748/2016 e impactará alunos e, principalmente, instituições de ensino:

  • Exigirá novos formatos de aula, menos expositivas, e atividades com maior participação dos estudantes.
  • Projetos, oficinas, cursos e atividades práticas e significativas permitirão que projeto de vida dos estudantes seja desenvolvido em todas as escolas.
  • A carga horária será ampliada de 2400 horas para 3000 horas, e muito mais...

Além de tudo isso, para lidar com as demandas das empresas, algumas escolas de ensino médio e universidades começam a modificar seus programas para incluir, por exemplo, disciplinas de formação socioemocional, desenvolvimento comportamental e empreendedorismo. Trabalha-se as características do comportamento empreendedor, gestão de conflitos, poder e governança, autoconhecimento, disciplina, foco, resiliência e motivação.

O objetivo é dar aos jovens noções de comportamento empreendedor, negociação, conceito de plano de negócios e desenvolver a capacidade de gerir suas emoções, o que é determinante para o sucesso no mercado de trabalho.

 

jovem-mulher-estudante.jpg